Não contrate palestras antes de observar esses 3 aspectos

workshop empresarial de alta performance

Não contrate palestras antes de observar esses 3 aspectos

600 252 PS

Os eventos corporativos são uma grande tendência e muito esperados pelos colaboradores. Por meio deles, é possível aumentar o engajamento em sua empresa. Por isso, é importante ter muito cuidado no momento de definir quem você irá convidar para dar as palestras.

Diante de tantas opções de temas, abordagens e preços, qual a melhor opção?

As palestras, em geral, são o maior foco para esse tipo de evento. Por esse motivo há, no ramo de palestrantes do Brasil, centenas de opções que variam entre mais diversas profissões e experiências: desde técnicos de futebol a economistas, de filósofos a ex-policiais.

Separamos 3 dicas para que a contratação de palestras para seu evento corporativo seja um sucesso.

#1 Cuidado, preço não significa garantia de sucesso.

É bastante recorrente que as empresas optem por investir nos palestrantes de maior cachê e, muitas vezes, o tiro acabada saindo pela culatra. Além do cachê, avalie o tema, a abordagem e reflita se o que o palestrante propõe é pertinente para os objetivos do evento.

#2 Entretenimento não é (necessariamente) ensinamento

Com certeza você já esteve presente em palestras que mexem com as emoções dos participantes (aquelas em que o pessoal “quase morre” de rir e/ou se emociona). Mas a questão é:o que você quer? Às vezes, só queremos que os colaboradores tenham um tempo divertido e de descontração… e aí, tudo bem.

Para melhores resultados:

Se você quer que as palestras gerem algum tipo de mudança atitudinal no time, você precisa levar em conta a abordagem do palestrante. Nesse caso, são recomendados palestrantes mais provocativos, que façam boas perguntas ao público e que tragam ferramentas de aprendizagem que possam ser levadas para consulta posterior.

#3 Tenha os recursos corretos

Se você quer que haja um efeito de mudança após as palestras, você também vai querer que as pessoas tenham onde e como anotar seus aprendizados. Nesse sentido, é válido ter algum assistente para conduzir o debriefing das palestras para potencializar a aplicabilidade dos conceitos (isso se o próprio palestrante não o fizer).

Para melhores resultados:

Outra dica é a de fazer um reforço alguns dias depois por meio de lembretes com as principais mensagens das palestras.

Vá além!

Escolher e contratar um palestrante é uma atividade tão importante quanto as palestras em si. Aqui citamos apenas 3 dicas para te ajudar nesse desafio, mas recomendamos que você vá muito além disso e surpreenda sua equipe com palestras pertinentes, de efeito positivo e alinhadas aos objetivos estratégicos da empresa.

A propósito, não deixe de considerar os palestrantes Daniel Spinelli e Eneida Ludgero, dois excelentes profissionais que temos aqui na PS. Entre em contato.

Comentários

comentário