Fato…

Podemos aprender coisas novas todos os dias se realmente estivermos dispostos a isso. Você concorda? De acordo com uma matéria publicada por Kevin Daum na revista americana de negócios Inc., na medida em que vamos nos desenvolvendo, vamos ocupando a mente com fatos, imagens, histórias e experiências, que, muitas vezes, nos impedem de permanecermos abertos para novas ideias. Além disso, ao contrário do que muitas pessoas pensam, o aprendizado não ocorre naturalmente, ou seja, não conseguimos absorver o conteúdo apenas por ouvir alguém falar.

Análise…

De acordo com Daum, precisamos manter a mente aberta para acompanhar as transformações do cotidiano e incorporar novos conceitos, a fim de nos tornarmos pessoas cada vez mais engajadas e relevantes. Uma das principais maneiras de atingir esse objetivo é fazer com que o desejo de aprender seja maior do que o desejo de ter razão. Por exemplo, quando conversamos com alguém, geralmente nos pegamos escutando nossa voz interior, que tem o costume de argumentar silenciosamente o interlocutor, trazendo para o diálogo nossa própria opinião, o que pode fazer com que a informação seja perdida. Um ótimo começo para o verdadeiro aprendizado é descobrir como calar essa voz, ou, ao menos, controlá-la.

Reflexão…

Você quer aumentar sua capacidade de aprender? Seguem algumas dicas para que consiga ouvir atentamente e permanecer em constante processo de aprendizagem:

Foco correto – A partir de agora, sempre que estiver conversando com alguém, procure perceber a atuação da sua voz interior e tente não deixá-la interferir negativamente.

Empatia – Procure analisar a situação do ponto de vista do interlocutor e tente incialmente buscar todas as razões possíveis para se convencer de que ele está certo, não você. Desse modo, ou você se abrirá para uma nova ideia, ou fortalecerá seu argumento.

Curiosidade – O aprendizado também pode ocorrer com o estímulo da curiosidade. Sempre que ouvir uma informação, formule de 03 a 05 questões para serem pesquisadas.

Investigação – Além disso, quando não concordar com alguma teoria, aja como um detetive e tente encontrar um pouco de verdade nela. Isso irá exercitar sua capacidade de dedução e pode fazer com que comece a enxergar as coisas de uma maneira diferente.

Imparcialidade – Por fim, busque sempre separar a mensagem do mensageiro, escutando-a de maneira objetiva. Procure não se deixar influenciar por aparências e, no caso de ser algum conhecido, tente esquecer que conhece seus costumes, crenças e história.

Incorporando essas dicas no seu dia a dia, você pode se surpreender com o quanto pode aprender, além de estar sempre pronto para receber novas ideias.

Ótimos diálogos construtivos!

Referência:

http://www.inc.com/kevin-daum/5-things-that-really-smart-people-do.html?nav=pop