4 dicas que podem ajudar no desempenho do facilitador

4 dicas que podem ajudar no desempenho do facilitador

150 150 PS

A grande pergunta aqui é a seguinte: Porque um facilitador consegue ter um alto desempenho enquanto outros possuem um desempenho baixo ou satisfatório?

O que faz com que esse facilitador tenha um bom desempenho?

É evidente que existem diversos fatores que fazem com que um facilitador tenha um desempenho maior que os outros, e é exatamente sobre esses fatores que nós vamos falar aqui neste artigo.

Sabemos que ser um facilitador é passar por diversos desafios em sua trajetória uma vez que o facilitador precisa não só desenvolver novas metodologias, mas também precisa ter conhecimentos específicos de cada problema que vai abordar, além de colocar em prática técnicas que vão ajudá-lo a cumprir o seu papel como facilitador.

Sendo assim o que você vai ver aqui neste artigo são 4 dicas do que pode ajudar no desempenho do facilitador.

Uma boa resposta para a pergunta que foi feita logo no início deste artigo é a seguinte… O que faz com que um facilitador tenha mais desempenho que o outro é a sede de conhecimento que cada um possui, é a garra de ir atrás de novas técnicas, novas referências entre outras coisas…

Quanto mais preparado ele estiver, maior vai ser o seu desempenho.

Sendo assim, as dicas que vamos dar aqui são as seguintes:

Dica 1: Pensar sempre no público

Quando se lida com pessoas, é preciso tê-las como foco, pois o facilitador e o público acabam falando a mesma língua.

Tendo o público em foco o facilitador acaba entendendo com quem está lidando, quais são os seus problemas, quais são os seus objetivos e metas e como ele pode ajudá-las da melhor forma, além de criar uma conexão com o seu público. Isso tudo porque eles estão falando a mesma língua.

Quando não se tem o foco no público nada disso ocorre, ele acaba não falando a mesma língua que o seu público fazendo com que não haja conexão alguma entre eles, pois ele não vai entender a fundo com que está falando,  tendo uma relação superficial com o seu público.

Dica 2: Fique sempre muito bem atualizado e tenha referências

Outro dica que ajuda muito no desempenho do facilitador é ficar sempre muito bem atualizado e ter referências.

O facilitador deve evitar ficar na sua zona de conforto, é muito interessante ir atrás de coisas novas, atrás de novas técnicas, novas referências, isso tudo para ter maior domínio sobre o tema que será tratado, além de chamar a atenção do seu público, por ser algo novo e inovador.

Quando se tem um repertório rico, tudo fica mais interessante, por isso  é importante nunca deixar de ter informações frescas e relevantes.Isso enriquece o trabalho do facilitador de uma forma absurda.

Dica 3: Procure novas técnicas de ensino

Facilitador

Como já foi dito na dica anterior ficar sempre atualizado e ter referências é algo que conta muito no trabalho de um facilitador. A mesma coisa serve para as técnicas de ensino…

Essa é uma dica que deve ser levada muito a sério, pois são as técnicas que são responsáveis pelo desempenho do facilitador, visto que são as técnicas que ele sabe que serão aplicadas no seu trabalho. Se a técnica aplicada for ultrapassada qual resultado será gerado?

Levando isso em conta é possível entender que não é nada benéfico para um facilitador ficar estagnado em apenas uma técnica e não ir atrás de novas.

É interessante sair da zona de conforto e ir atrás de novas técnicas que vão ajudar a desenvolver ainda mais o trabalho de forma eficaz e trazer resultados ainda melhores. Procure cursos e workshops que possam ajudar no desenvolvimento como facilitador, coisas que tragam novas técnicas, novas metodologias e ferramentas.

Dica 4: Organize as coisas com antecedência

Visto que o facilitador é um profissional que por meio de técnicas e metodologias guia um processo e o desenvolve com o seu público é de extrema importância que todas as coisas que serão feitas sejam organizadas com antecedência.

Para que assim o processo seja guiado com mais facilidade, visto que o facilitador já está com tudo preparado e também está preparado para dar início ao seu trabalho, sabendo que linha seguir. É interessante desenvolver algo que seja interativo e que de para todos participaram de forma colaborativa.

De forma resumida, as 4 dicas que você viu aqui foram as seguintes:

  • DICA 1 – Pense sempre no público;
  • DICA 2 – Tenha referências e fique sempre atualizado;
  • DICA 3 – Procure novas técnicas de ensino;
  • DICA 4 – Organize tudo com antecedência.

Comentários

comentário