Um dos maiores desafios que tivemos na PS Treinamento em 2012 foi desenvolver métodos que aumentassem as chances de nossos clientes terem sucesso com a implementação de seus planos de ação e contratos de mudanças e melhorias estabelecidos em workshops, seminários e convenções.

Sabemos que entre tomar uma decisão – como as listas que construímos em viradas de ano, por exemplo – e colocar as mudanças envolvidas nessa decisão na lista de realizações tem um espaço cheio de tendências e inércias, principalmente em relação a nossas atitudes.O mundo nos emite uma série de estímulos, hoje facilmente mais do que damos conta de responder, e se não tivermos atentos podemos lotar nossas agendas com muitas atividades e que – pelo que tenho percebido – numa boa parte das vezes não estão – ou estão pouco – relacionadas com objetivos e metas.

Você já sentiu a frustração de não ter alcançado uma meta que estabeleceu para si mesmo ou por ter adiado ou desistido de algo que sabia que era importante? Bom, se sua resposta é sim, bem vindo a 2013, uma nova oportunidade para você fazer as coisas acontecerem.

Voltando ao caso dos métodos que estamos desenvolvendo na PS, não caberia aqui o detalhamento, mas com algumas simples linhas gerais você certamente poderá alavancar suas próprias chances de realização.

Registre sua Definição – Hoje temos muita informação para simplesmente guardar assuntos mais importantes apenas na cabeça: Escreva num papel sua lista, mind map, tabela ou seja lá o jeito que você prefere ter seus registros.

Monitore – Monitoramento é uma etapa fundamental de qualquer processo de gestão. Revisite seu plano de metas pelo menos uma vez por semana e verifique a coerência entre suas ações diárias – principalmente seus hábitos – e aonde quer chegar.

Aprenda e Mude – Ao perceber suas incoerências e eventuais hábitos dispersivos, reveja suas atitudes, busque mudanças e melhorias pessoais. O processo de conquistas envolve desenvolvimento pessoal, o qual envolve mudanças pessoais.

Visualize – Coloque a infalível técnica da visualização a seu favor. Imagens transmitem sensações. Recortes de revista, fundos de tela de computador, um edital que lhe inspire e remeta às suas metas.

Acredite – “A fé move montanhas”, especialmente as montanhas internas e aquelas vozes internas que às vezes nos desestimula ou nos sugere que algo não vai dar certo.

Empodere-se – As principais decisões e ações devem depender de você. Ainda que você dependa de outros, haverá, quase na totalidade das vezes, algo que cabe a você agir para fazer acontecer. Sugiro a leitura do artigo Autorresponsabilidade

Os mesmos conceitos podem ser aplicados a uma organização, a uma equipe de trabalho ou para seus planos pessoais. Coloque o método a seu favor.

Faça de 2013 um ano de realizações, se você pode conceber, você pode realizar. Acredite na fórmula: Sonhe, Planeje e Realize!!