Existem situações em nossas vidas e carreiras que nós simplesmente não conseguimos ver. É como se, a exemplo do que acontece com a visão, a percepção também tivesse seus pontos cegos, impedindo-nos de enxergar o que está bem a nossa frente.
De acordo com uma matéria publicada recentemente pela revista VOCÊ S/A, dentro da Exame.com, essa é a teoria de Cyril Bouquet, professor do IMD, escola de negócios suíça. Para o professor “o problema dos pontos cegos é que são, por definição, algo que não vemos”. Ele acredita que os profissionais não enxergam fatos que podem causar grandes prejuízos em suas carreiras.
Então como fazer para reverter essa situação? Cyril sugere que os profissionais pensem como um ET. Isso mesmo, ele crê que se olharem suas carreiras de ângulos improváveis, como se realmente fossem marcianos chegando à Terra, vão conseguir pensar em hipóteses nunca antes consideradas.

Pensar como um alien pode ser muito positivo para a carreira

Confira exemplos de situações em que pensar como um alien contribui para o “desbloqueio” dos nossos pontos cegos, auxiliando na busca por soluções inovadoras:

Assumir um novo cargo – Para se adaptar a um novo cargo, é importante que o profissional observe e entenda as atitudes de seus colegas, chefes e clientes. É interessante notar, por exemplo, quem almoça com quem, quem funciona melhor em conversas via e-mail, quem precisa receber feedback constantemente. Ao adotar esse tipo de visão o profissional saberá como interagir com as pessoas da maneira mais cortês e produtiva possível.

Fugir da estagnação – Algumas pessoas ficam tão presas aos conselhos e preocupações de chefes, colegas e cônjuges, que têm dificuldade em imaginar como poderiam se desenvolver profissionalmente. É comum que se sintam estagnadas, ansiosas e com o cérebro travado. Pensar como um alien aqui seria deixar a imaginação correr solta, visitando todas as possibilidades. Além disso, recomenda-se agir quase como uma criança, fazendo perguntas do tipo “por que estou aqui?” ou “para onde devo ir?”.

Impressionar o chefe – Além de ter conhecimento sobre a área em que atua e levantar o que as outras empresas estão fazendo de diferente, para um profissional impressionar o chefe é preciso que proponha inovações. Uma boa maneira de fazer isso é distanciar o pensamento do dia a dia e pensar até em estratégias que possam parecer absurdas. Para auxiliar nesse processo pode-se buscar referências e estabelecer novas conexões mentais.

Mudar de caminho – Apesar da alta velocidade com que as coisas acontecem, os profissionais não deveriam correr o tempo todo. É preciso desacelerar e achar uma brecha na agenda para encontrar maneiras de criar novas trajetórias para a carreira. O simples exercício de experimentar, seja na prática ou na teoria, pode contribuir para isso.

Pensar como alien é ideal quando se precisa buscar uma solução diferente para um problema, uma solução que talvez ainda não tenha sido encontrada justamente por causa dos pontos cegos. Agir como um observador externo em tempo integral pode cansar e atrapalhar a produtividade, mas em momentos difíceis e determinantes, esse é um dos jeitos mais práticos de deixar a inovação entrar na sua carreira e na sua vida!